Desde a década de 70, a Eletrobras Furnas vem partilhando com outras empresas, brasileiras e estrangeiras, públicas ou privadas, os conhecimentos técnicos e gerenciais acumulados por sua equipe ao longo dos anos. Esse relacionamento, distinto e complementar ao de prestadora de serviços de geração e transmissão de energia elétrica, evolui no sentido de uma progressiva ampliação de escopo e sofisticação de conteúdo.

Reconhecida como empresa de excelência no setor elétrico, a Eletrobras Furnas está capacitada a disponibilizar para outras empresas seus conhecimentos nas áreas de desenvolvimento de estudos, planejamento e gerenciamento da implantação e exploração de empreendimentos de geração e transmissão de energia elétrica.

Iniciada dentro do conceito de "cooperação técnica", a prestação de serviços foi, aos poucos, passando para a forma de "comercialização", e atualmente, a atuação da Eletrobras Furnas na área de prestação de serviços, tem-se expandido de forma constante, seja para empresas nacionais ou para empresas internacionais.

Prestação de Serviços

A forma mais simples de prestação de serviços tem sido a disponibilização, para o cliente, de estruturas já existentes na Empresa, para seu próprio uso. É o caso específico do recebimento de técnicos para o acompanhamento de cursos nos Centros de Treinamento e a realização de ensaios nos Centros Tecnológicos. Dentro desse conceito, podemos destacar:

TREINAMENTO PESSOAL

Os diversos Centros de Treinamento já foram freqüentados por centenas de alunos enviados por empresas brasileiras, bem como por entidades e empresas de Angola, Bolívia, Chile, Colômbia, Moçambique, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

SUPORTE TECNOLÓGICO

Dentre os trabalhos realizados nos Centros Tecnológicos, para terceiros, do país e do exterior, cabe destacar:

· Ensaios de material para obras e barragens;

· Ensaios de materiais e de equipamentos eletromecânicos;

· Estudo de simulação do desempenho de sistemas elétricos;

· Ensaios de estruturas hidráulicas em modelo reduzido.



Além da prestação de serviços na área de treinamento de pessoal e na área de suporte tecnológico, várias equipes da Eletrobras Furnas têm sido destacadas para realizar trabalhos específicos de interesse do cliente, seja nas instalações do mesmo, no país ou no exterior, seja nas suas próprias. Entre esses exemplos cabe destacar:

SERVIÇOS ESPECÍFICOS PRESTADOS PARA EMPRESAS DO BRASIL

· Liberação de áreas para implantação de empreendimentos;

· Disponibilização de dados sobre descargas atmosféricas;

· Levantamentos hidrométricos;

· Estudo de sistemas elétricos e de traçado de linhas de transmissão;

· Estudos de viabilidade para a conexão de geradores e consumidores livres à Rede Básica;

· Gerenciamento e supervisão do projeto e da implantação de empreendimentos de geração e transmissão; Gerenciamento ambiental de empreendimentos de geração e transmissão;

· Comissionamento de equipamentos de sistemas de geração e transmissão;

· Inspeção de fabricação de equipamentos eletromecânicos;

· Operação e manutenção de subestações e linhas de transmissão.
. Operação e manutenção de Usinas Hidrelétricas.


SERVIÇOS ESPECÍFICOS PRESTADOS PARA EMPRESAS DO EXTERIOR

Com exceção de Angola, objeto de destaque especial, os seguintes serviços devem ser mencionados:
· Assessoria técnica à ISA e ISAGEN, Colômbia, relativa ao projeto da linha de transmissão compacta em 500kV Cesar-El Copey;

· Assessoria técnica à LITSA, Argentina, na operação e manutenção da linha de transmissão de 500kV Yaciretá-Salto Grande;

· Assessoria técnica à ANDE, Paraguai, na elaboração do programa de expansão do sistema elétrico e na preparação dos documentos de licitação para o sistema de transmissão de integração com Yaciretá;

· Assessoria técnica à CHINA THREE GORGES PROJECT DEVELOPMENT Co., na elaboração dos documentos de licitação para as unidades geradoras.
. Fiscalização da Construção do projeto hidroelétrico San Francisco , de 230 MW, no Equador – Contrato assinado com a empresa HIDROPASTAZA, detentora da concessão.


ANGOLA E CAPANDA

Na linha de progressiva sofisticação de sua cooperação com outras empresas, a Eletrobras Furnas deu um salto em qualidade e dimensões ao assinar, em 1984, dois contratos relacionados com a Usina Hidrelétrica de Capanda, em Angola, dando início a uma profícua colaboração com entidades daquele país.

Graças à pré-existência de uma normatização para as atividades de Prestação de Serviços, a Eletrobras Furnas foi capaz de responder, com grande rapidez, a uma solicitação do Governo de Angola, encaminhada em meados de 1984 por intermédio da ELETROBRÁS. O GAMEK, Gabinete de Aproveitamento do Médio Kwanza, entidade oficial recentemente criada naquele país, necessitava de apoio técnico e gerencial para levar adiante a construção da Usina Hidrelétrica de Capanda, com 520MW de potência, contratada com um consórcio brasileiro-soviético. Em novembro do mesmo ano, houve a assinatura simultânea de um contrato entre GAMEK e a Eletrobras Furnas, e outro, entre o GAMEK e o CONSÓRCIO TPE-ODEBRECHT, este último negociado com o apoio da Eletrobras Furnas.

O efetivo da Eletrobras Furnas em Angola, ao longo de vinte anos, chegou a atingir um total de 84 pessoas. Sua mais recente missão foi dar continuidade ao treinamento de 48 especialistas angolanos, da equipe de operação e manutenção da Usina, que anteriormente havia passado pelos Centros de Treinamento da Eletrobras Furnas.

Na Usina de Capanda propriamente dita, a Eletrobras Furnas também faz-se presente na implantação do sistema de transmissão em 220kV e 110kV, destinado a escoar a energia ali gerada. Este serviço vem da seqüência de diversos estudos de planejamento do sistema elétrico angolano preparados para entidades daquele país.

A Eletrobras Furnas também está envolvida no acompanhamento das obras de recuperação da Usina Hidrelétrica Biópio, situada no mesmo rio Kwanza, conforme contrato firmado com a ENE - Empresa Nacional de Eletricidade.


Parcerias em Novos Negócios

Como ampliação de sua atividade de prestação de serviços, a Eletrobras Furnas tem atuado em parceria com outras empresas em atividades que envolvem a expansão da capacidade de geração e transmissão de energia elétrica, usando como estratégia, a agregação de competências, visando reduzir custos, aumentar a competitividade e diminuir riscos.

Como exemplo de algumas parcerias já formalizadas, podemos citar:

  • Acordos de Cooperação para Estudos

    • Estudos de Aproveitamentos Hidrelétricos

      • Inventário do rio Teles Pires (3.000 MW) – parceria com ELETROBRÁS e ELETRONORTE
      • Viabilidade dos AHE’s Jirau (3.900MW) e Santo Antonio (3.580 MW), no rio Madeira, parceria com a Construtora Norberto Odebrecht S.A;
      • Viabilidade do AHE Mirador (80 MW) - parceria com Rialma S.A – Centrais Elétricas Rio das Almas, JP Engenharia Ltda, PCE-Projetos e Consultoria de Engenharia Ltda, Schaim Engenharia Ltda., Energética-Tech Consultoria Ltda.;
      • Viabilidade do AHE Buriti Queimado (142 MW) – parceria com Rialma S.A – Centrais Elétricas Rio das Almas;
      • Viabilidade do AHE Paulistas (81 MW) – parceria com PCE-Projetos e Consultoria de Engenharia Ltda. e SPEC – Planejamento, Engenharia e Consultoria Ltda.
      • Viabilidade do AHE Maranhão (125 MW) – parceria com Rialma S.A – Centrais Elétricas Rio das Almas, JP Engenharia Ltda., PCE-Projetos e Consultoria de Engenharia Ltda., Energética-Tech Consultoria Ltda.;
      • Viabilidade do AHE Simplício (338 MW) – parceria com a Construtora Norberto Odebrecht S.A., Desenvix S.A., Alstom Brasil Ltda. e Construtora Andrade Gutierrez S.A.

    • Estudos de Geração Térmica

      • Estudos de Viabilidade de Usinas Termelétricas, utilizando gás natural na região Centro-Oeste – parceria com BRASILIAGÁS S.A e GASGOIANO S.A.

    • Estudos de Transmissão de Energia

      • Estudo de Viabilidade de um sistema de transmissão para importação de energia da Bolívia, entre Puerto Suarez e o Estado de São Paulo – parceria com a PAN AMERICAN ENERGY LLC.

      • Interligação Elétrica Argentina-Chile

    • Implantação e Operação de Instalações de Geração

      • AHE Serra da Mesa (1.275 MW) – parceria com SEMESA S.A.

      • AHE Manso (210 MW) – parceria com a PROMAN – Produtores Energéticos de Manso S.A.

    • Acordo de Cooperação Geral

Visando fortalecer a presença brasileira no exterior, a Eletrobras Furnas firmou Acordo de Cooperação com a Companhia Vale do Rio Doce e com a PETROBRÁS, para atuação conjunta em iniciativas que envolvam a produção , a transmissão e a comercialização de energia.

Já foram identificadas várias oportunidades de negócios em parceria com essas empresas, com várias propostas emitidas para empresas de outros países.

PARTICIPAÇÃO EM SOCIEDADE DE PROPÓSITO ESPECÍFICO - SPE

A partir da aprovação da Lei 10.438, que permitiu a Eletrobras Furnas associar-se, com apoio de recursos, para constituição de consórcios empresariais ou participação em sociedades, sem poder de controle, que se destinem à exploração da produção ou transmissão de energia elétrica sob regime de concessão ou autorização, a Eletrobras Furnas associou-se a outras empresas com o objetivo de constituir Sociedades de Propósito Específico para a exploração da produção ou transmissão de energia elétrica.

SPE’s já constituídas pela Eletrobras Furnas:

  • Por Aquisição

    • ENERPEIXE S.A. - Parceria com EDP – Eletricidade de Portugal

  • Por Concorrências Vencidas

    • COMPANHIA TRANSLESTE DE TRANSMISSÃO - LT Montes Claros / Irapé - 345 kV - 150 km (Leilão ANEEL 001/2003) – parceria com Companhia Energética de Minas Gerais - CEMIG, Cia. Técnica de Engenharia Elétrica - ALUSA e ORTENG Equipamentos e Sistemas Ltda.

    • COMPANHIA DE TRANSMISSÃO CENTROESTE DE MINAS - LT Furnas / Pimenta - 345 kV – 66 km (Leilão ANEEL 001/2004) parceria com Companhia Energética de Minas Gerais – CEMIG

    • COMPANHIA TRANSUDESTE DE TRANSMISSÃO - LT Itutinga / Juiz de Fora - 345 kV – 140 km (Leilão ANEEL 001/2004) - parceria com Cia. Técnica de Engenharia Elétrica - ALUSA, Companhia Energética de Minas Gerais – CEMIG e ORTENG Equipamentos e Sistemas LTDA.

    • COMPANHIA TRANSRIRAPÉ DE TRANSMISSÃO – LT Irapé / Araçuaí –230 kV - 140 km (Leilão ANEEL 002 / 2004) – parceria com Cia. Técnica de Engenharia Elétrica - ALUSA, Companhia Energética de Minas Gerais – CEMIG e ORTENG Equipamentos e Sistemas LTDA.

SPE em Constituição:

  • QUINTANILHA MACHADO I – Geração Eólica – parceria com SIIF Enérgies do Brasil

Com esse histórico de várias décadas de experiência adquirida, no Brasil e no exterior, a Eletrobras Furnas encontra-se qualificada para enfrentar maiores desafios, entre eles o de participar, de forma direta, como investidora em empreendimentos internacionais.




  Todos os direitos reservados a Eletrobras Furnas